segunda-feira, 19 de abril de 2010

A Mulher que eu construo

Essa mulher que dia a dia construo,
Deve ser forte e pura; de vontade firme e visões!
Sua deve ser a paciência. Seu o sagrado dever
de compreender os corações.
Abatidos e vencidos, ou felizes e vitoriosos!
Essa mulher que dia a dia construo, com sues feitos e pensamentos ocultos,
Mostrará, aqueles que em seus olhos buscam,
Tudo o que fez, desejou e soube não ser estulto!
Oh! desejo sabiamente escolher.
E pensamentos errôneos Longe atirar
Afim de desejos puros possuir,
Banindo o temor, o gênio a dúvida
Tudo afazer infeliz no porvir!
Essa mulher, que dia a dia construo.
Deve crescer em bondade, firmeza e liberdade;
Preenchendo seu lugar com coragem, sabedora e amor.
Sejam quais forem as lutas, as maldades;
Sendo sempre forte e livre, Senhor,
A mulher que ora é meu sonhar,
Revestida do poder da oração, da graça, de amar!


Tradução e adaptação de W.Almeida
( Revista Visão Missionária)

Um comentário:

Sergio H S Christino disse...

Seu blog esta abençoadíssimo

Que Deus continue lhe usando como instrumento de sua Palavra

Fique na Paz em Cristo Jesus